TEATRO
1, 2 mar

A TRAGÉDIA LATINO-AMERICANA (Brasil)

Felipe Hirsch
Sala Luis Miguel Cintra
Quarta e quinta, 21h

Sinopse

TEATRO – ESTREIA NACIONAL
1, 2 mar
A TRAGÉDIA LATINO-AMERICANA (Brasil)
Felipe Hirsch
Quarta e quinta, 21h
M/14
Sala Luis Miguel Cintra
Duração: 3h30 C/ intervalo
Falado em português e castelhano e legendado em português
€12 - €15 (com descontos €5 - €10,50) 
Passe Tragédia&Comédia: €20 - €25 (com descontos €10 - €12,50)


4 mar – conversa com a equipa artística após o espetáculo moderada por António Pinto Ribeiro

Desenvolvendo as dramaturgias mais diversas, urgência e ousadia, são bases de trabalho para o encenador carioca Felipe Hirsch que ao longo de 30 anos realizou dezenas de obras entre a escrita, o cinema e o teatro.
Com a sua Companhia Ultralíricos, traz-nos uma Tragédia e uma Comédia que indissociáveis se baseiam num conjunto de textos de autores latino-americanos, dos mais desconstrutivistas autores da América Latina, onde se incluem Roberto Bolaño, Guillermo Cabrera Infante, Dôra Limeira, Marcelo Quintanilha e Gerardo Arana.

A Tragédia Latino-americana 

Ultralíricos 

Autores Augusto de Campos, Dôra Limeira, Gerardo Arana, Glauco Mattoso, Guillermo Cabrera Infante, Horacio Quiroga, J.P. Zooey, J.R. Wilcock, Juan Villoro, Leo Maslíah, Lima Barreto, Marcelo Quintanilha, Maria Luisa Bombal, Nicanor Parra, Pablo Katchadjian, Pablo Palacio, Paulo Leminski, Reinaldo Moraes, Roberto Bolano, Salvador Benesdra, Samuel Rawet, Sergio Sant’anna, Teresa Wilms Montt/Teresa de la Cruz. * Autores selecionados, sujeito a modificações.

Direção geral Felipe Hirsch
Música Arthur de Faria
Direção de arte Daniela Thomas, Felipe Tassara
Figurinos Veronica Julian
Iluminação Beto Bruel
Sound designer Gustavo Breier

Com Caco Ciocler, Caio Blat, Camila Mardila, Georgette Fadel, Guilherme Weber, Ines Efron, Javier Drolas, Julia Lemmertz, Magali Biff, Maria Gal, Nataly Rocha, Pedro Wagner, Rodrigo Bolzan 
Músicos Arthur de Faria, Adolfo Almeida Jr., Mariá Portugal, Pedro Sodré

Direção técnica: Bruno Girello
Cenotécnico: Nietzsche 
Operador de luz: Igor Sane
Direção de produção: Luís Henrique (Luque) Daltrozo
Produção Internacional: Ricardo Frayha
Crítico interno: Ruy Filho
Fotografias: Patrícia Cividanes

Projeto criado especialmente para o Sesc São Paulo. Estreia na Mostra Internacional de São Paulo MITSP (A Tragédia Latino-Americana). Estreia no MIRADA Festival Íbero-Americano de Artes Cênicas de Santos (A Comédia Latino-Americana).

Sinopse

TEATRO – ESTREIA NACIONAL
1, 2 mar
A TRAGÉDIA LATINO-AMERICANA (Brasil)
Felipe Hirsch
Quarta e quinta, 21h
M/14
Sala Luis Miguel Cintra
Duração: 3h30 C/ intervalo
Falado em português e castelhano e legendado em português
€12 - €15 (com descontos €5 - €10,50) 
Passe Tragédia&Comédia: €20 - €25 (com descontos €10 - €12,50)


4 mar – conversa com a equipa artística após o espetáculo moderada por António Pinto Ribeiro

Desenvolvendo as dramaturgias mais diversas, urgência e ousadia, são bases de trabalho para o encenador carioca Felipe Hirsch que ao longo de 30 anos realizou dezenas de obras entre a escrita, o cinema e o teatro.
Com a sua Companhia Ultralíricos, traz-nos uma Tragédia e uma Comédia que indissociáveis se baseiam num conjunto de textos de autores latino-americanos, dos mais desconstrutivistas autores da América Latina, onde se incluem Roberto Bolaño, Guillermo Cabrera Infante, Dôra Limeira, Marcelo Quintanilha e Gerardo Arana.

A Tragédia Latino-americana 

Ultralíricos 

Autores Augusto de Campos, Dôra Limeira, Gerardo Arana, Glauco Mattoso, Guillermo Cabrera Infante, Horacio Quiroga, J.P. Zooey, J.R. Wilcock, Juan Villoro, Leo Maslíah, Lima Barreto, Marcelo Quintanilha, Maria Luisa Bombal, Nicanor Parra, Pablo Katchadjian, Pablo Palacio, Paulo Leminski, Reinaldo Moraes, Roberto Bolano, Salvador Benesdra, Samuel Rawet, Sergio Sant’anna, Teresa Wilms Montt/Teresa de la Cruz. * Autores selecionados, sujeito a modificações.

Direção geral Felipe Hirsch
Música Arthur de Faria
Direção de arte Daniela Thomas, Felipe Tassara
Figurinos Veronica Julian
Iluminação Beto Bruel
Sound designer Gustavo Breier

Com Caco Ciocler, Caio Blat, Camila Mardila, Georgette Fadel, Guilherme Weber, Ines Efron, Javier Drolas, Julia Lemmertz, Magali Biff, Maria Gal, Nataly Rocha, Pedro Wagner, Rodrigo Bolzan 
Músicos Arthur de Faria, Adolfo Almeida Jr., Mariá Portugal, Pedro Sodré

Direção técnica: Bruno Girello
Cenotécnico: Nietzsche 
Operador de luz: Igor Sane
Direção de produção: Luís Henrique (Luque) Daltrozo
Produção Internacional: Ricardo Frayha
Crítico interno: Ruy Filho
Fotografias: Patrícia Cividanes

Projeto criado especialmente para o Sesc São Paulo. Estreia na Mostra Internacional de São Paulo MITSP (A Tragédia Latino-Americana). Estreia no MIRADA Festival Íbero-Americano de Artes Cênicas de Santos (A Comédia Latino-Americana).

Críticas

Não existem críticas.

Preçário

0

Descontos

50% 
Cartão Maria&Luiz
Menores de 30 Anos (1ª Plateia; Camarotes Centrais e 1º Balcão Central)
Maiores de 65 anos, pessoas com deficiência e acompanhante, desempregados,estudantes, profissionais do espetáculo, funcionários da CML e Empresas Municipais 

30% 
Grupos de 10 pessoas ou mais

20% 
Protocolos e acordos

€5
Menores de 30 Anos (2ª Plateia; Frisas; 2º Balcão e Camarotes de 2ª)

Nota: É favor fazer-se acompanhar de um documento que comprove o desconto à entrada.

Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
Siga-nos no: facebook