TEATRO
22 e 23 mai

Milieu

Renaud Herbin (França)
Sala Mário Viegas
Segunda e terça às 19h e às 21h

Sinopse

Milieu
Renaud Herbin (França) 
Sala Mário Viegas
Segunda e terça às 19h e às 21h 
Técnica: Marionetas de fios 
Idioma: Sem palavras 
Público-Alvo: +8 
Duração: 30 min.
€12 (com descontos €5 - €8,40)

ESTREIA NACIONAL


Milieu coloca em cena uma marioneta de fios, técnica emblemática da manipulação. Os fios constituem as condições necessárias para a animação, para dar a ilusão de vida, a autonomia da marioneta. Mas também são o que a retém e a impedem de sair do espaço.
Um homem entra num espaço fechado, um enorme cilindro, do qual parece difícil escapar, as tentativas são numerosas, mas fortes ligações seguram-no a toda a parte.
Renaud Herbin está a mais de 3 metros de altura, por cima desta marioneta, que manipula à distância, através de longos fios. O corpo está suspenso no centro deste cilindro. Criador e observador deste novo mundo animado, fascinado e perturbado por esta personagem inspirada em O Despovoador de Samuel Beckett, o marionetista molda a matéria, a forma, dá-lhe vida, sob o olhar do público, que se movimenta em torno deste dispositivo, criado para amplificar o olhar.
Renaud Herbin propõe uma variação sobre o conceito de castelet, joga com as escalas e a gravidade da marioneta. "Eu queria reapropriar-me das técnicas das marionetas de fios, reactualizá-las ao serviço de uma escrita contemporânea." Ao nível dos nossos olhos, a marioneta move-se num equilíbrio precário, como que ligada a um horizonte imaginário.
O chão está cheio de cascalho molhado. Tudo está ligado, o ar e a luz, bem como a vibração debaixo deste solo mineral. O aparecimento gradual da água, cobrindo toda a superfície, abre uma nova promessa: a de um novo espaço para explorar.
A marioneta revela o humano no que a constitui, explora a sua capacidade de nos dizer "eu estou aqui" e de ser surpreendido. Vai-se transformando, exposta às variações climáticas do seu ambiente. Milieu retrata uma situação simultaneamente cómica e metafísica, à imagem de uma récita de Samuel Beckett, e oferece a experiência da animação, como que um traço de união entre dois mundos. 

Concepção e interpretação: Renaud Herbin Espaço cénico: Mathias Baudry Marionetas: Paulo Duarte Som: Morgan Daguenet Colaborações artísticas: Aïtor Sanz Juanes, Julika Mayer & Christophe Le Blay Luz: Fanny Brushi com o olhar de Fabien Bossard Construção: Christian Rachner Direcção técnica: Thomas Fehr Fotografias: Benoît Schupp Produção: TJP - Centre Dramatique National d’Alsace Strasbourg Co-produção: Festival Mondial des Théâtres de Marionnettes de Charleville-Mézières 
Apoio à apresentação: Institut Français du Portugal, em parceria com o Institut Français em Paris, no âmbito do foco sobre a criação contemporânea

Sinopse

Milieu
Renaud Herbin (França) 
Sala Mário Viegas
Segunda e terça às 19h e às 21h 
Técnica: Marionetas de fios 
Idioma: Sem palavras 
Público-Alvo: +8 
Duração: 30 min.
€12 (com descontos €5 - €8,40)

ESTREIA NACIONAL


Milieu coloca em cena uma marioneta de fios, técnica emblemática da manipulação. Os fios constituem as condições necessárias para a animação, para dar a ilusão de vida, a autonomia da marioneta. Mas também são o que a retém e a impedem de sair do espaço.
Um homem entra num espaço fechado, um enorme cilindro, do qual parece difícil escapar, as tentativas são numerosas, mas fortes ligações seguram-no a toda a parte.
Renaud Herbin está a mais de 3 metros de altura, por cima desta marioneta, que manipula à distância, através de longos fios. O corpo está suspenso no centro deste cilindro. Criador e observador deste novo mundo animado, fascinado e perturbado por esta personagem inspirada em O Despovoador de Samuel Beckett, o marionetista molda a matéria, a forma, dá-lhe vida, sob o olhar do público, que se movimenta em torno deste dispositivo, criado para amplificar o olhar.
Renaud Herbin propõe uma variação sobre o conceito de castelet, joga com as escalas e a gravidade da marioneta. "Eu queria reapropriar-me das técnicas das marionetas de fios, reactualizá-las ao serviço de uma escrita contemporânea." Ao nível dos nossos olhos, a marioneta move-se num equilíbrio precário, como que ligada a um horizonte imaginário.
O chão está cheio de cascalho molhado. Tudo está ligado, o ar e a luz, bem como a vibração debaixo deste solo mineral. O aparecimento gradual da água, cobrindo toda a superfície, abre uma nova promessa: a de um novo espaço para explorar.
A marioneta revela o humano no que a constitui, explora a sua capacidade de nos dizer "eu estou aqui" e de ser surpreendido. Vai-se transformando, exposta às variações climáticas do seu ambiente. Milieu retrata uma situação simultaneamente cómica e metafísica, à imagem de uma récita de Samuel Beckett, e oferece a experiência da animação, como que um traço de união entre dois mundos. 

Concepção e interpretação: Renaud Herbin Espaço cénico: Mathias Baudry Marionetas: Paulo Duarte Som: Morgan Daguenet Colaborações artísticas: Aïtor Sanz Juanes, Julika Mayer & Christophe Le Blay Luz: Fanny Brushi com o olhar de Fabien Bossard Construção: Christian Rachner Direcção técnica: Thomas Fehr Fotografias: Benoît Schupp Produção: TJP - Centre Dramatique National d’Alsace Strasbourg Co-produção: Festival Mondial des Théâtres de Marionnettes de Charleville-Mézières 
Apoio à apresentação: Institut Français du Portugal, em parceria com o Institut Français em Paris, no âmbito do foco sobre a criação contemporânea

Críticas

Não existem críticas.

Preçário

1

Descontos

50% 
Cartão Maria&Luiz
Maiores de 65 anos, pessoas com deficiência e acompanhante, desempregados,estudantes, profissionais do espectáculo, funcionários da CML e Empresas Municipais 

30% 
Grupos de 10 pessoas ou mais

20% 
Protocolos e acordos

€5
Menores de 30 Anos 

Nota: É favor fazer-se acompanhar de um documento que comprove o desconto à entrada.

Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
Siga-nos no: facebook