TEATRO
15 – 17 jun

Os dias do público

Coordenação de Alfredo Martins, Anabela Almeida e Sara Duarte
Todos os Espaços do Teatro
Manhã, tarde e noite

Sinopse

15 – 17 junho
OS DIAS DO PÚBLICO 
O PÚBLICO VAI AO TEATRO
Coordenação de Alfredo Martins, Anabela Almeida e Sara Duarte 

ENTRADA LIVRE sujeita à lotação das salas
Bilhetes disponíveis, no próprio dia, na bilheteira do Teatro


O Teatro como espaço público

Dias do público são todos os dias em que um Teatro abre as suas portas. Desde 2016 que o projeto O Público vai ao Teatro tenta que os dias também sejam do público mesmo quando o Teatro está fechado. 
Ao longo da temporada de 2016-2017, três grupos distintos – adultos, professores e crianças –, acompanharam a programação e o trabalho da equipa do Teatro São Luiz, reclamando para os seus dias a 
possibilidade de estarem mais perto dos espaços de criação, programação e receção e refletindo sobre o seu lugar – o lugar de onde se vê. Nesta nova temporada (2017-2018), para que os dias do Teatro 
sejam ainda mais cheios de públicos, propusemos aos grupos de participantes do projeto baralhar e voltar a dar, repensando esse lugar e ocupando outros. Ao longo de vários meses, os Laboratórios de 
Curadoria permitiram a estes participantes conhecerem vários profissionais e experiências de programação e, progressivamente, arriscarem eles mesmos o ato de programar – de decidirem o que/como/por que se vê. 
O “nosso público” foi desafiado a trocar de cadeira e a delinear, em colaboração com as equipas do projeto e do Teatro, três dias de programação, assumindo a definição de linhas estratégicas e públicos-alvo, 
a escolha do programa e a gestão orçamental. Os Dias do Público são, portanto, uma programação pensada por cidadãos, que tem como tema central “o Teatro como espaço público”, procurando equacionar 
de várias formas a relação entre o teatro e a cidade. A programação estrutura-se em duas linhas: “de dentro para fora”, incluindo várias propostas que dão a conhecer o Teatro e aquilo que nele se faz; e, “de fora para dentro”,
agregando várias propostas que tentam convocar a Cidade a entrar no Teatro. Estes dias no São Luiz são ainda mais do público. O Teatro abre as portas à cidade e apresenta três dias de programação escolhida pelo público para o público. 
Três dias em que o Teatro se transforma num lugar do quotidiano, onde se dorme, almoça, trabalha e se olha a cidade. Dias felizes.

Coordenação: Alfredo Martins, Anabela Almeida e Sara Duarte
Participantes: Ana Catarina Silva, Ana Soares, Ana Teresa Magalhães, Carla Flores, Catarina Soares, Clara Agapito, Fernanda Silva, Isabel Correia, Margarida Silva, Maria Margarida Galvão, Mariana Correia, Miguel Brinca, Paula Antão, Renata Brites, Ricardo Correia, Vera Silva e Viviane Almeida 
Documentário: Helena Inverno 
Coprodução: teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser, São Luiz Teatro Municipal

15 JUNHO, SEXTA-FEIRA

18h ABERTURA D’OS DIAS DO PÚBLICO com KARMA DRUMS e CORO INFANTO-JUVENIL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA 
18h45 MANIFESTO DO PÚBLICO
20h30-21h30, 23h-0h30 TOMAR BANHO // OPERA SHOW(ER) 
21h30 ATLAS LISBOA
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO
 
16 JUNHO, SÁBADO
 
11h OS SAPATOS DO SR. LUIZ
11h30 CINDERELA // ENSAIOS ABERTOS
15h, 16h, 1h30 ESPETÁCULO GUIADO
15h LEITURAS ENCENADAS EM TEMPO REAL - sujeito a inscrição
15h VOZ AO PÚBLICO
17h O TEATRO COMO ESPAÇO PÚBLICO // TERTÚLIA
19h30 PROJETOS DE DANÇA URBANA com DANÇAS URBANAS AMAVITA, LUGAR COMUM – ASSOCIAÇÃO CULTURAL e WONDERFULL´SKOVA M
20h30-21h30, 23h-0h30 TOMAR BANHO // OPERA SHOW(ER)
21h30 ATLAS LISBOA
24h DORMIR // EU MEREÇO DORMIR NO TEATRO - sujeito a inscrição
0h30 UM CONCERTO PELA NOITE
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA A MINHA PRIMEIRA VEZ
TODO O DIA VISITAS GUIADAS PESSOAIS E INTRANSMISSÍVEIS
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO
 
17 JUNHO, DOMINGO
 
11h OS SAPATOS DO SR. LUIZ
11h30 CINDERELA // ENSAIOS ABERTOS
13h COMER // ALMOÇO-DERIVA- sujeito a inscrição
15h, 16h ESPETÁCULO GUIADO
15h VOZ AO PÚBLICO
15h LEITURAS ENCENADAS EM TEMPO REAL- sujeito a inscrição
15h-18h HOJE VIM TRABALHAR PARA O TEATRO
17h DUETOS IMPROVÁVEIS
19h BAILE DANÇANTE com RODA DE CHORO DE LISBOA
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA A MINHA PRIMEIRA VEZ
TODO O DIA VISITAS GUIADAS PESSOAIS E INTRANSMISSÍVEIS
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO


Sinopse

15 – 17 junho
OS DIAS DO PÚBLICO 
O PÚBLICO VAI AO TEATRO
Coordenação de Alfredo Martins, Anabela Almeida e Sara Duarte 

ENTRADA LIVRE sujeita à lotação das salas
Bilhetes disponíveis, no próprio dia, na bilheteira do Teatro


O Teatro como espaço público

Dias do público são todos os dias em que um Teatro abre as suas portas. Desde 2016 que o projeto O Público vai ao Teatro tenta que os dias também sejam do público mesmo quando o Teatro está fechado. 
Ao longo da temporada de 2016-2017, três grupos distintos – adultos, professores e crianças –, acompanharam a programação e o trabalho da equipa do Teatro São Luiz, reclamando para os seus dias a 
possibilidade de estarem mais perto dos espaços de criação, programação e receção e refletindo sobre o seu lugar – o lugar de onde se vê. Nesta nova temporada (2017-2018), para que os dias do Teatro 
sejam ainda mais cheios de públicos, propusemos aos grupos de participantes do projeto baralhar e voltar a dar, repensando esse lugar e ocupando outros. Ao longo de vários meses, os Laboratórios de 
Curadoria permitiram a estes participantes conhecerem vários profissionais e experiências de programação e, progressivamente, arriscarem eles mesmos o ato de programar – de decidirem o que/como/por que se vê. 
O “nosso público” foi desafiado a trocar de cadeira e a delinear, em colaboração com as equipas do projeto e do Teatro, três dias de programação, assumindo a definição de linhas estratégicas e públicos-alvo, 
a escolha do programa e a gestão orçamental. Os Dias do Público são, portanto, uma programação pensada por cidadãos, que tem como tema central “o Teatro como espaço público”, procurando equacionar 
de várias formas a relação entre o teatro e a cidade. A programação estrutura-se em duas linhas: “de dentro para fora”, incluindo várias propostas que dão a conhecer o Teatro e aquilo que nele se faz; e, “de fora para dentro”,
agregando várias propostas que tentam convocar a Cidade a entrar no Teatro. Estes dias no São Luiz são ainda mais do público. O Teatro abre as portas à cidade e apresenta três dias de programação escolhida pelo público para o público. 
Três dias em que o Teatro se transforma num lugar do quotidiano, onde se dorme, almoça, trabalha e se olha a cidade. Dias felizes.

Coordenação: Alfredo Martins, Anabela Almeida e Sara Duarte
Participantes: Ana Catarina Silva, Ana Soares, Ana Teresa Magalhães, Carla Flores, Catarina Soares, Clara Agapito, Fernanda Silva, Isabel Correia, Margarida Silva, Maria Margarida Galvão, Mariana Correia, Miguel Brinca, Paula Antão, Renata Brites, Ricardo Correia, Vera Silva e Viviane Almeida 
Documentário: Helena Inverno 
Coprodução: teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser, São Luiz Teatro Municipal

15 JUNHO, SEXTA-FEIRA

18h ABERTURA D’OS DIAS DO PÚBLICO com KARMA DRUMS e CORO INFANTO-JUVENIL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA 
18h45 MANIFESTO DO PÚBLICO
20h30-21h30, 23h-0h30 TOMAR BANHO // OPERA SHOW(ER) 
21h30 ATLAS LISBOA
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO
 
16 JUNHO, SÁBADO
 
11h OS SAPATOS DO SR. LUIZ
11h30 CINDERELA // ENSAIOS ABERTOS
15h, 16h, 1h30 ESPETÁCULO GUIADO
15h LEITURAS ENCENADAS EM TEMPO REAL - sujeito a inscrição
15h VOZ AO PÚBLICO
17h O TEATRO COMO ESPAÇO PÚBLICO // TERTÚLIA
19h30 PROJETOS DE DANÇA URBANA com DANÇAS URBANAS AMAVITA, LUGAR COMUM – ASSOCIAÇÃO CULTURAL e WONDERFULL´SKOVA M
20h30-21h30, 23h-0h30 TOMAR BANHO // OPERA SHOW(ER)
21h30 ATLAS LISBOA
24h DORMIR // EU MEREÇO DORMIR NO TEATRO - sujeito a inscrição
0h30 UM CONCERTO PELA NOITE
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA A MINHA PRIMEIRA VEZ
TODO O DIA VISITAS GUIADAS PESSOAIS E INTRANSMISSÍVEIS
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO
 
17 JUNHO, DOMINGO
 
11h OS SAPATOS DO SR. LUIZ
11h30 CINDERELA // ENSAIOS ABERTOS
13h COMER // ALMOÇO-DERIVA- sujeito a inscrição
15h, 16h ESPETÁCULO GUIADO
15h VOZ AO PÚBLICO
15h LEITURAS ENCENADAS EM TEMPO REAL- sujeito a inscrição
15h-18h HOJE VIM TRABALHAR PARA O TEATRO
17h DUETOS IMPROVÁVEIS
19h BAILE DANÇANTE com RODA DE CHORO DE LISBOA
TODO O DIA FRENTE DE CASA
TODO O DIA A MINHA PRIMEIRA VEZ
TODO O DIA VISITAS GUIADAS PESSOAIS E INTRANSMISSÍVEIS
TODO O DIA OLHAR QUEM FAZ // PROJEÇÃO DE FOTOGRAFIAS DE ESTELLE VALENTE
TODO O DIA POLIATRO // INSTALAÇÃO


Críticas

Não existem críticas.

Preçário

1

Descontos


Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
Siga-nos no: facebook